Blog

Liner ou Tela Armada, que revestimento escolher para uma piscina?

O conceito de piscina define por si mesmo que seja completamente estanque, não havendo por isso lugar a fugas de água. Contudo, e de forma a evitar, futuramente, perdas de água que obriguem a gastos adicionais, deve-se proceder a uma escolha cautelosa do revestimento a aplicar (Liner ou Tela Armada).

Á exceção de algumas técnicas como o liner ou tela armada, na maior parte dos casos, as operações para repor a estanquicidade de uma piscina são de uma complexidade elevada. Uma vez que o revestimento é escolhido aquando da aquisição da piscina, o tipo de construção escolhida será fator determinante. Ou seja, os diferentes tipos de construção definem na maior parte dos casos tipos de impermeabilização distintos:

  • piscinas realizadas em betão armado ou projetado possibilitam a aplicação de vários tipos de revestimento. Para além do liner ou tela armada, podem receber como revestimento pastilha, tijoleiras, pinturas, epoxy, revestimentos à base de resina, entre outros.
  • piscinas em painéis de aço, madeira ou PVC é normalmente aplicada uma das técnicas mais utilizadas na impermeabilização de piscinas: o liner ou tela armada, que garantem uma total estanquicidade da piscina.

Como escolher um revestimento?

A extensa variedade de padrões, tonalidades e cores disponíveis no mercado, podem na maior parte dos casos dificultar a escolha do seu revestimento. Por isso, é importante que tenha em atenção que a beleza da sua piscina em tudo vai depender do tipo e cor do revestimento escolhido. Assim como o tom que a água irá adquirir aos nossos olhos, que deve estar em concordância com o ambiente que a rodeia.

Independentemente de critérios e conceitos estéticos que irão depender do bom gosto do proprietário, é recomendável que o projeto seja pensado como um todo. A ideia passa pelo modo a que a piscina fique perfeitamente enquadrada com o ambiente que a rodeia.

O desenvolvimento do mercado das piscinas nos últimos vinte anos proporcionaram o aparecimento de uma vasta gama de materiais. Estes são capazes de assegurar uma impermeabilização eficaz e ainda, extremamente inovadora no que diz respeito aos conteúdos estéticos. Mas o que escolher? Neste artigo terá a resposta à pergunta: Liner ou Tela Armada, que revestimento escolher para uma piscina?

1 – Liner

Devido à enorme simplicidade e rapidez de aplicação, o liner é uma solução cuja procura mais tem crescido nos últimos anos.

Em parte este fenómeno deve-se a uma forte implantação das piscinas em kit de aço. Pois, na maior parte dos casos, o liner é parte integrante de um kit desta solução construtiva. Com um elevado grau de flexibilidade e uma espessura que vai dos 0,5 mm a 1 mm, o liner apresenta-se na forma de uma bolsa em PVC independente, cujo cada modelo é fabricado especificamente para cada piscina.

A sua instalação é extremamente simples e é o peso da água que assegura parte da sua aderência às paredes da piscina, mantendo-o fixo no local. As vantagens do liner são muitas em relação a outros materiais usados com maior frequência:

  • grande flexibilidade do material,
  • adaptabilidade a todos os tipos de piscinas,
  • fiabilidade no tempo,
  • maior durabilidade,
  • custos substancialmente inferiores.
  • extraordinária resistência às variações de temperatura, à luz e a outros fatores potencialmente agressivos para o material.

A facilidade de substituição é outro dos argumentos de peso deste revestimento. Em regra, essa substituição será efetuada apenas com base em critérios estéticos. Isto porque o liner é um revestimento com elevada durabilidade. O seu tempo de vida médio é de 10 anos, existindo mesmo alguns fabricantes que oferecerem garantias de 15 anos. Respeitando alguns cuidados sugeridos pelos fabricantes, são raríssimas as fendas neste tipo de material.

No plano estético as tecnologias adotadas permitem apresentar soluções visuais bastante apelativas. Com cores e motivos capazes de responder ao nível dos revestimentos em tijoleira, pastilha de vidro ou pintura.

A relação que o liner estabelece entre eficácia e estética, com custos de instalação e manutenção muito competitivos fazem deste revestimento uma das melhores soluções disponíveis no mercado.

via GIPHY

2 – Tela Armada

É um revestimento em tudo semelhante ao liner, embora disponha de uma membrana armada revestida por duas películas em PVC. A tela armada está preparada com tratamentos especiais contra raios UV e substâncias antifúngicas.

O método de aplicação desta técnica confere-lhe um elevado grau de flexibilidade, tornando possível a sua adaptação a qualquer tipo de piscinas, seja em painéis de aço, madeira, betão armado, cofrado ou outros.

À semelhança do liner, a tela armada apresenta as seguintes vantagens:

  • total impermeabilidade e estanquicidade da piscina,
  • evita o depósito de algas, fungos ou quaisquer outros microrganismos,
  • assegura uma temperatura de água mais elevada de que qualquer outro revestimento tradicional (aproximadamente 5 graus centígrados),
  • liberdade de formas, visto que a leveza da membrana lhe permite moldar-se a todos as solicitações,
  • liberdade de utilização, uma vez que este tipo de material permite impermeabilizar de forma igualmente eficaz piscinas interiores ou exteriores, públicas ou privadas, novas ou em renovação,
  • elevada durabilidade (pode chegar aos 25 anos),
  • variedade de cores e motivos disponíveis.

A tela armada é uma solução extremamente resistente ao desgaste e às agressões climatéricas. Dada a sua facilidade de manutenção e um método de instalação pouco dispendioso, a tela armada assume-se como uma solução igualmente económica.